Uso de drones ajudam a manter a produtividade do café no Brasil



L8 Patrulha oferece trabalho de monitoramento e controle de solo além de detecção e controle de pragas.

Atualmente o Brasil possui um parque cafeeiro com cerca de 2,25 milhões de hectares, contando com mais de 285 mil produtores. E se mantém como maior produtor e exportador de café do mundo de acordo com o Ministério da Agricultura. Desta forma o produtor precisa estar cada vez mais atento para poder atingir a máxima produtividade, para ajudá-lo nesse quesito a L8 Patrulha está no mercado de aerofotogrametria oferecendo trabalhos de monitoramento e mapeando das plantações com drones.

Para o produtor de café obter a máxima produtividade é necessário que se mantenha o solo bem drenado de forma que não haja limitação hídrica. A preparação deste solo deve ser feita antes do plantio mantendo alto o ph deste solo para que a planta possa se desenvolver de forma correta tendo disponíveis todos os nutrientes disponíveis para sua máxima produção. Para saber se esse este solo está adequado o produtor pode solicitar um monitoramento com drones.

Para esta finalidade é possível realizar um sobrevoo da área com um drone equipado com a câmera multiespectral que permite mostrar os níveis de umidade do solo podendo mostrar se existe alguma limitação hídrica na área mapeada, trabalho de extrema necessidade uma vez que a falta de umidade interfere no crescimento da planta comprometendo seu desenvolvimento e também na produtividade do café.

Outra possibilidade para o produtor de café com o uso do drone ainda com a câmera multiespectral é a detecção de estresse na planta causados por falta de água, por falta de algum nutriente, pelos ataques de pragas ou por algum tipo de doença. As imagens capturadas pelos drones durante o sobrevoo da área podem mostrar com exatidão informações como essas além de mostrar onde estão os focos de pragas permitindo ao produtor a tomada de decisão com o uso de fungicidas e inseticidas exatamente nos focos. Mantendo a plantação protegida, otimizando o tempo, economizando dinheiro e mantendo a máxima produtividade.

 

FONTE:   

 

 

 




Mais Notícias

Rua Pedro Celestino, 1802 - 2º Andar - Salas 23/26 - Telefone (67) 3022-4247 - CEP 79.002-371, Campo Grande/MS
Agrotvnews - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por