Vazio sanitário da soja começa dia 15 em Mato Grosso



Começa dia 15 de junho e encerra no dia 15 de setembro,  o vazio sanitário para a cultura da soja em Mato Grosso, conforme a Instrução Normativa Conjunta Sedec/Indea-MT nº 002/2015. Dados do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), apontam que na safra 2017/2018 foram cadastradas 11.787 propriedades, com área plantada declarada em 7.948.374,29 hectares.

Durante 90 dias, não poderá haver plantas vivas de soja cultivadas ou guaxas (germinação voluntária). O objetivo do vazio sanitário é reduzir a sobrevivência do fungo causador da ferrugem-asiática, Phakopsora pachyrhizi, na entressafra e assim atrasar a ocorrência da doença durante a safra.
 
O vazio sanitário da soja, segundo a assessoria de imprensa, foi instituído em Mato Grosso como medida fitossanitária desde 2006. O fungo que causa a ferrugem-asiática precisa de hospedeiro vivo para se desenvolver e multiplicar. Ao eliminar as plantas de soja na entressafra "quebra-se" o ciclo do fungo, reduzindo assim a quantidade de esporos presentes no ambiente.
 
A ferrugem asiática da soja provoca a desfolha precoce da planta impedindo a completa formação dos grãos, o que gera redução na produtividade, sendo considerada uma praga de importância econômica.
 
O Indea possui a Ouvidoria, pelo 0800 647 9990 e a Ouvidoria Geral do Estado, que são ferramentas que podem ser usadas no período do vazio sanitário da soja, como um meio de contribuir com a fiscalização. Além de ser um canal para receber sugestões e solicitações do cidadão, a Ouvidoria recebe denúncias como o não cumprimento do vazio sanitário da soja.
 
A multa para quem descumprir o período é de 30 Unidade Padrão Fiscal (UPF-MT), mais 2 UPF por hectare de planta não eliminada.

 

FONTE: INSTITUTO DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO ESTADO DO MATO GROSSO

 




Mais Notícias
Crédito rural: necessário manter e inovar 14/08/2018

Crédito rural: necessário manter e inovar

Desde a década de 1960, o Crédito Rural tornou-se importante instrumento de apoio ao desenvolvimento do setor primário, assegurando recursos destinados a custeio, investimento ou comercialização
Arrozeiros cobram soluções para problemas históricos da lavoura gaúcha 14/08/2018

Arrozeiros cobram soluções para problemas históricos da lavoura gaúcha

Audiência pública realizada na Assembleia Legislativa apresentou temas prioritários que serão encaminhados aos candidatos ao governo gaúcho
Projeto recupera pastagens em Minas Gerais 14/08/2018

Projeto recupera pastagens em Minas Gerais

As ações desenvolvidas pelo projeto ABC Cerrado têm contribuído para o avanço sustentável da pecuária de leite e de corte em Minas Gerais, incluindo a recuperação de cerca de 15 mil hectares de pastagens degradadas
Trigo: Oferta mundial da 2018/19 deve cair frente à temporada anterior 14/08/2018

Trigo: Oferta mundial da 2018/19 deve cair frente à temporada anterior

A oferta mundial de trigo da safra 2018/19 deve ser menor que a da anterior, enquanto o consumo pode crescer. Esse contexto pode pressionar a relação estoque/consumo e elevar os preços no médio prazo
Capital Nacional do Leite reúne o que há de melhor no setor durante o Agroleite 2018 14/08/2018

Capital Nacional do Leite reúne o que há de melhor no setor durante o Agroleite 2018

Entre os pontos altos do evento estão o Troféu Agroleite, a Trilha do Leite, o Torneio Leiteiro e os seminários e fóruns para troca de conhecimentos
Alface: Vendas enfraquecidas pressionam cotações em MG 14/08/2018

Alface: Vendas enfraquecidas pressionam cotações em MG

Com a comercialização de folhosas na região de Mário Campo (MG) ainda baixa, os preços registraram nova queda entre 6 e 10 de agosto.

Rua Pedro Celestino, 1802 - 2º Andar - Salas 23/26 - Telefone (67) 3022-4247 - CEP 79.002-371, Campo Grande/MS
Agrotvnews - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por