Grãos: greve de caminhoneiros e frete tiram receita de exportadores



A greve dos caminhoneiros e a indefinição sobre o tabelamento do frete rodoviário devem causar perdas de 10% a 30% na receita dos exportadores de grãos no Brasil neste ano. Foi o que afirmou o conselheiro da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec), Luiz Barbieri, para quem a situação é um dos principais pontos de incerteza para o setor no momento.

“O tabelamento do frete preocupa muito porque atinge todos os setores da economia e diretamente o nosso, de exportadores de commodities. Se pode tabelar o frete, o que vem depois?”, questionou, em entrevista coletiva no 8º Encontro de Previsão de Safra Anec/Anea, que reuniu exportadores de cereais e de algodão, em São Paulo (SP).

Segundo ele, os exportadores de grãos sofreram um duplo impacto com a greve dos caminhoneiros. O primeiro foi o dos mais de dez dias sem movimentação de cargas, que causou perda de receita para o setor. O segundo está na diferença em que o que era estimado em relação ao custo do transporte e ao que pode ser definido com o chamado tabelamento.

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural.

 

FONTE: GLOBO RURAL

 




Mais Notícias

Rua Pedro Celestino, 1802 - 2º Andar - Salas 23/26 - Telefone (67) 3022-4247 - CEP 79.002-371, Campo Grande/MS
Agrotvnews - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por