AgroGeral

Animais Jersey de cooperados Capal estão entre os melhores do Brasil

Genomas das vacas jovens foram analisados nos Estados Unidos e lideram ranking de associação brasileira

As vacas da raça Jersey dos cooperados da Capal Cooperativa Agroindustrial, Nico e Ellen Biersteker, estão entre as melhores do Brasil. Os animais estão em primeiro lugar em duas das sete características apresentadas no 1º Sumário Genômico Fêmeas da Raça Jersey 2018, lançado em novembro pela Associação dos Criadores do Gado Jersey do Brasil.

Os animais lideraram o ranking nas características Vida Produtiva, que é a previsão de longevidade no rebanho, e DRP, a taxa de prenhez. “Esses resultados, na prática, apontam que geneticamente se tem o melhor rebanho, tem potencial de produzir em alto nível”, destaca Nico Biersteker.

Além dessas, o Sumário Genômico analisou as características Leite (capacidade de produção de leite), Gordura (capacidade de produção de gordura no leite), Proteína (capacidade de produção de proteína), Tipo (características de conformação) e Mérito Líquido (estimativa do lucro vitalício).

Biersteker é produtor da região de Arapoti (PR) e possui 300 animais Jersey em fase de lactação, de um total de 750. A média de produção é de 27,5 litros de leite por vaca ao dia, acima da região.

Jéssica Quirino da Silva, técnica especializada em Qualidade do Leite da Capal Cooperativa Agroindustrial, explica que a Cooperativa busca dar todo o apoio aos produtores. “Nossa assistência atua na orientação sobre dietas e na qualidade do leite, com acompanhamento presencial e remoto, sendo este trabalho revertido em qualidade do produto”, explica Jéssica.

Para a elaboração do sumário, foram analisados os genomas dos animais com base em amostras enviadas aos Estados Unidos. As vacas são do rebanho jovem, que têm até dois anos de vida e não estão em fase de lactação. As avaliações genômicas são feitas pelo Council on Dairy Cattle Breeding (CDCB).

 

FONTE: CAPAL COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL

Artigos relacionados

Fechar