AgroGeral

Desempenho externo das carnes na 4ª semana de novembro

Comparativamente às duas semanas anteriores, as exportações de carnes in natura da quarta semana de novembro apresentaram resultado sensivelmente melhor

Comparativamente às duas semanas anteriores, as exportações de carnes in natura da quarta semana de novembro (18 a 24, cinco dias úteis) apresentaram resultado sensivelmente melhor, pois, por exemplo, a receita cambial do período, medida pela média diária, ficou próxima de US$80 milhões, contra US$55 milhões da segunda semana e perto de US$46 milhões da terceira semana.

Registraram-se melhoras, também, no volume embarcado – mas apenas das carnes bovina e de frango. Assim, se no fechamento dos 10 primeiros dias úteis do mês a carne suína sinalizava embarque mensal próximo de 57 mil toneladas, agora projeta volume da ordem de 55,5 mil toneladas. Já as projeções para a carne bovina passam de135,1 mil/t para 143,8 mil/t e as de frango de 323 mil/t para 332,6 mil/t.

Se esses volumes se confirmarem, o incremento em relação a novembro de 2017 (também com 20 dias úteis) será de 24% para a carne suína, de 17% para a carne bovina e de 8,5% para a carne de frango. No entanto, em relação a outubro passado (mais longo, com 22 dias úteis) ocorrerá redução de quase 5% no volume de carne de frango e de pouco mais de meio por cento no volume de carne bovina. Aqui, curiosamente, só o volume de carne suína registrará expansão mensal, no caso, de quase 5%.

 

FONTE: AVISITE

Artigos relacionados

Fechar